Por que os homens tem medo de assumir relacionamentos hoje

Justamente essa foi a pergunta que uma amiga me fez hoje: “Por que os homens tem medo de assumir relacionamentos hoje”.

E eu como sou homem, e já fui muito tempo sozinho e fugia de relacionamentos sérios, me senti na obrigação de dar uma resposta para o questionamento dela, e acredito que essa não seja apenas uma dúvida dela, mas sim de muitas mulheres brasileiras, que não entendem por qual motivos muitos homem fogem e tem medo de assumir qualquer relacionamento mais serio.

Pois bem, apesar de ser complicado, cada caso é um caso, ou melhor, cada homem é cada homem, porém pela grande experiência que eu tenho e por ter inúmeros amigos homens, acredito que sei o motivo de muitos homens não querem assumir um relacionamento, e listarei abaixo alguns desses motivos:

- Medo de perder a liberdade que eles tanto amam;

– Achar que você não seja a pessoa certa;

– Medo de se machucar e machucar você;

– Por não buscarem nada serio, apenas diversão e aventuras;

Bem, esses são apenas alguns de inúmeros itens que podem levar um homem a não querer assumir um relacionamento serio.

Porém para você mulher eu digo uma coisa por experiência própria, pois sou homem, quando o homem achar que você é a mulher da vida dele, por mais galinha ou cafageste que ele seja, por mais que ele ame a liberdade que tem, tenha certeza que ele esquecerá isso tudo para ficar junto de você! ;-)

Perguntas?

19 ideias sobre “Por que os homens tem medo de assumir relacionamentos hoje

  1. Marina

    Fui a inspiração para seu tema….rs

    No meu caso ele foi noivo por 4 anos,eu nao sei qual o motivo no qual o levou a terminar,diz ele que acabou o encanto o sexo. e tal….mas tenho minhas duvidas.
    Mas na minha situação,so estou relevando pq ele foi noivo e sei q tem muiiitas inseguranças,ja conversamos sobre o assunto,caso contrario eu ja teria pulado fora.Mas de uns tempos pra ca,fico me perguntando,pq ele nao me assume???Ja que somos um casal exemplar,ESTAMOS HA 3 MESES JUNTOS E EM UM MES DE TERMINO ME CONHECEU,temos um relacinamento de namorados,menos a relação assumida.
    EU SEI QUE ELE GOSTA DE MIM,SINTO Q ELE RELUTA A TODO MOMENTO COM SEUS SENTIMENTOS,PQ POR MAIS CAFA Q O CARA SEJA,ELE NAO PERDERIA TANTO TEMPO DELE EM FAZER AS COISAS Q ELE ME FAZ,COMO ME TRATA,POR MUITO MENOS QQ MULHER FICARIA APAIXONADA NA DELE.
    Mas minha duvida é….dou mais um tempo ou termino tudo…sem pressao,numa boa..chego nele e digo q tomei essa decisao e se ele nao quiser q assuma na hora ou deposi me procura.NAO QUERO E QUE ELE ACOMODE….E AI?????

    O QUE VC ACHA AMIGO????

    Responder
  2. Conselheiro Autor do post

    Marina…

    Acho que você deve ter um pouco de paciencia com ele, pois se você gosta mesmo dele aguarde mais um pouco, afinal 3 meses é muito pouco tempo, muito pouco tempo mesmo.

    Como você disse ele gosta de você, e você sente isso, mas acho que ele esta um pouco assustado pelo fato de ter terminado um relacionamento de 4 anos, e talvez esteja com medo que aconteça o mesmo com você.

    Então tenha um pouco de paciencia, e como eu escrevi, se ele achar que você é a mulher da vida dele ele fara tudo para ficar ao seu lado…

    boa sorte..

    qualquer duvida escreva! ;)

    Responder
  3. Pingback: Como fazer homem assumir relacionamento-você | Conselhos Amorosos

  4. natalia

    Se ele nao assumiu é porque ele ainda tem duvidas, cabe a vc somente vc decidir o que vc quer pra tua vida e correr o risco , *esperar ele escolher, ou vc mesma escolher o que vc quer.. na minha opiniao a mulher prescisa de atitude, vc ja viu o lado dele, agora é a vez dele ver teu lado.. e saber o q vc quer.. se vc quer namorar..fale isso..mas se esperar por ele..hum sinto muito ele vai te cozinhar até qndo puder…`reflita..bjus

    Responder
  5. natalie

    Há 2meses terminei um relacionamento curto,mas que significou muito pra mim.Me apaixonei por cara, me declarei, ficamos juntos, por parte dele apenas sexo,não aguentei a pressão e eu mesma terminei.O Fato que ele, apesar de me achar bonita,acreditar no que eu sentia,percebi que não queria nada serio, solteiro aos 37 anos,diz ele nunca ter se apaixonado por ninguem, e não se imaginado casado e com filhos,cuidando de outra familia,eu pensei que podia mudar o pensamento dele.,me iludi pois nem de longe consegui, somente eu ligava, marcava os encontros, ele mesmo nunca me ligava, quando eu ligava, sentia que ele queria desligar logo.Quando enfim conseguiamos ficar as sos ele era carinhoso, docil, acreditava no meu amor, mas eu percebia que esse sentimento só partia de mim, do meu lado.Como estava paixonada, fiz e aconteci pra conquista-lo, quando passava alguns dias sem ve-lo, ele aparecia e ficava tudo bem.Mas se eu começava a ligar, logo percebia ele se esquivar, comecei aficar insegura, triste, e inciumada, e por mais que eu já sofria com ele, resolvi sofrer sem ele, terminei.E o que me surpreendeu é que ele ficou aliviado, falou que ele estava mal, e como não sentia omesmo que eu, achava a vezes, como estivesse me engando.Sofri muito,chorei, mandei emails falando do meu sentimento, e ele não respondeu nenhum,silencio total. Algumas vezes calhou de encontro-lo em algum lugar que fosse na nossa cidade,mas ele sempre gentil e com sorriso no rosto me tratava bem, o que me deixava mal,voltava pra casa deprimida, triste, querendo morrer mesmo, por saber que não signifiquei nada pra ele. As vezes sinto que ele gosta de mim, fico lembrando alguns momentos e não entendo por que ele não me dispensou logo que me declarei,apesar de varias vezes antes disso ele se monstrar interessado.Por que essa frieza, de responder os emails.Me responda por favor tenho tantas duvidas.

    Responder
  6. Maycon

    Eu sou Homem tenho 18 anos e tenho mede de assumir um relacionamento sério;
    1º A mina q eu gostava praks era rodada
    2º Eu sofri muito na minha infancia
    3º Tenho me de Magoar e ser magoado
    4º Sou mega desconfiado das coisas
    5º Não sei se ja me apaixonei de verdade
    6º não tenho alta confiança
    Caraks escrevendo aqui percebi q tenho medo de tudo
    Preciso mudar ser mais confiante comigo mesmo
    E o pior é q todos acham eu o mó galinha q fik escolhendo as garotas, mais nem é assim.
    Puts ninguem me entende…
    Nem eu msm

    Responder
  7. NARA

    namoro um cara de 42 anos, divorciado e que te um filho. Ele já se separou à 3 anos. Eu tenho 35 anos, sou solteira, independente, moro sozinha e sonho em me casar e construir uma família. Ele é um otimo companheiro, nos damos muito bem. Mas, ele não quer casar, não sabe se quer filhos, e disse que podemos até vir a morar juntos, mas não agora, no tempo dele. Gosto muuuuuuuito dele, sinto que ele gosta de mim, mas acho que ~tem medo de sofrer com uma nova separação. Penso sempre em terminar e me dar a chance de encontrar outra pessoa que queira o mesmo que eu, mas não consigo terminas, ois tenho medo de ficar sozinha, de não encontrar outra pessoa tão bacana como ele. O que fazer?!!!!!!!! Vivo num martíruio danado. Ele me disse que com ele é assim, e que se pra mim não tiver bom, e eu quiser algo diferente, que eu vá em busca de outra pessoa, ou espere o tempo dele. O que acham disso?

    Responder
  8. girassol

    Ja q vc gosta dele continua,mas viva a sua vida independente de ficar esperando por ele,se pintar outra pessoa com os mesmos ideais q vc, va em trente,e depois termine com ele, nao se anule p viver outras paixoes.

    Abraço e boa sorte

    Responder
  9. Marcos

    Pois é..complicado, no meu caso está sendo mais dificil, foi amigado a 8 anos, tenho 2 filhos e separei a 1 ano. Mas durante esse tempo sempre fiz visitas a minha ex-parceira, transavamos e depois ia embora. Quando eu decide me declarar pra ela, coisa que não tinha feito à 7 anos atrás, queria voltar pra casa, mudei meus comportamentos e ela me disse não.
    Pergunta para as mulheres: Porque será?? Tem outro?? Está magoada?? Ou não quer abrir mão da liberdade conquista com meu afastamento?? E por que nós ainda transávamos??

    Responder
  10. Carinhosa

    Estou namorando com um cara a pouco tempo e ele disse que me achou muito especial que deu ate medo de me machucar, por eu ser tao gente boa..
    nao entendi qual e a dele?

    Responder
  11. Elliot Assis

    Olá!Descobri o blog há pouco tempo, pesquisando justamente sobre o assunto… Mas vamos ao que interessa?!rs Sou um cara muito discreto, reservado, porém, muito bem resolvido no que diz respeito a minha preferência ou condição sexual. Antes eu me achava “Bissexual”, mas conheci um rapaz, com a mesma idade que eu. Ambos somos estudados, totalmente independentes financeiramente, discretos e reservados. No meu caso eu revelei à minha família que eu AMAVA um HOMEM depois que eu conheci esse rapaz. Houve no início um estranhamento, que julgo ser natural, afinal eles tiveram que “reconfigurarem” a imagem, idéia e os conceitos que tinham de mim, passado esse período eu descobri uma família MUITO AMOROSA E CARINHOSA, ALÉM DE RESPEITADORA! Ressaltando que só senti até hoje interesse em falar com as pessoas mais importantes da minha vida o sentimento que surgiu em mim, pois era tão intenso que não contive em mim mesmo. Foi uma libertação para mim, tudo parecia perfeito, eu namorava uma rapa bonito, independente, com bom nível de estudo, educado, carinhoso… Minha família passou a tratá-lo com carinho e a gostar dele também. Sonhos foram idealizados, palavras afirmativas foram proferidas por ambos e até projeto de morarmos juntos nós já falávamos e acalentávamos. Entretanto, eu percebia que eu estava mais “resolvido” do que ele, não me vejo como aberração ou alguém anti-natural… Pelo contrário, sou um cara muito gente boa, respeitado no trabalho, querido por amigos e familiares. Mas ele não se vê assim, ainda está preso ao padrão da maioria e a uma sociedade que realmente massacra quem não está dentro dos “padrões impostos pela religião ou qualquer outra ideologia.” Tive a oportunidade de conhecer a família dele, pessoas maravilhosas por sinal, mas quando questionava como faríamos no futuro, em relação ao que ele falaria ou não à família dele ele desconversava ou afirmava CATEGORICAMENTE que estaríamos JUNTOS PARA SEMPRE PORQUE O QUE ELE SENTIA POR MIM ERA AMOR! E eu acreditei, desconstrui conceitos, recriei novos conceitos, me sentia feliz, mas um dia, após o aniversário dele, depois de eu ter organizado com minha família um aniversário para ele o mesmo rapaz, que aqui chamarei de: A, simplesmente surtou e terminou um relacionamento feliz, cheio de conquistas, planos, palavras verdadeiras, afinidades porque disse que tinha medo, medo da família descobrir, medo dos amigos do trabalho, medo da sociedade e etc… Choramos muito, era nítido que algum amor por mim ele tinha (?!), ele me pediu perdão por não me “acompanhar”, disse muitas vezes que realmente me amava e que jamais esquecerá o grande amor da sua vida, que sou eu, mas mesmo após alguns acontecimentos, da família dele descobrir tudo, ele negar, da família continuar tratando-o com amor, mesmo depois de tudo o que falei que poderíamos fazer juntos, mesmo após irmos à terapeuta e ele afirmar novamente que o motivo do término era MEDO, ainda que todos ao redor já desconfiavam e até o questionavam, não para especular, mas para o acolher, ele continua refém desse medo e não me procura, não me liga mais, sumiu totalmente… Passados alguns meses do término ainda me vejo triste e pensativo, pois acho muito banal o “medo” ser maior que o amor… Às vezes penso que ele terminou porque é um pouco individualista e não desejava no íntimo compartilhar sua vida com alguém, às vezes creio que foi por egoísmo, por falta de amor mesmo ou até por ele querer levar a vida que ele tinha antes de me conhecer, com total independência e individualidade, sem precisar se preocupar com alguém em especial, tendo muitos relacionamentos fortuitos, apenas no âmbito da satisfação sexual e só.
    Para ele é fácil viver assim, pois a família dele mora em Minas Gerais e ele em outro Estado, então facilita viver sem precisar se justificar para a família, tendo que falar o que está fazendo ou com quem está saindo. Enfim, é dolorido e pesaroso ter que esquecer todas as viagens que fizemos juntos, as datas que passamos juntos, as cartas amorosas que trocávamos sempre, as conquistas compartilhadas, as coisas aprendidas juntos, as palavras ditas, o “EU TE AMO, VOCÊ É O AMOR DA MINHA VIDA! ESTAREMOS PARA SEMPRE JUNTOS.” pronunciada menos de uma semana antes do término!
    Infelizmente ele consegue ser frio e distante… Vez ou outra eu mando mensagens, ele é apenas lacônico e mesmo assim diz que eu não sei o que passa na cabeça dele, desconversa e ponto final. Em nenhum momento eu desejei exposição, eu não queria que ele levantasse a bandeira arco íris, nem que virássemos militantes da causa, apesar de ambos respeitarmos que tem tal postura, só queria continuar vivendo uma história feliz de paixão e amor, que tinha tudo para dar certo e que do “nada” rompeu-se abruptamente. Questionei diversas vezes se é possível ele ter terminado por medo mesmo, mas retruco: Será que o verdadeiro amor não pode suprir tal sentimento? É possível ele ter descoberto que para viver o que “desejávamos” é preciso coragem, é preciso compartilhar, se dividir… Porque tanta frieza? Ele me disse que se casará com uma mulher e tentará sublimar o sentimento que tem por mim, mas não coloquei muita fé em suas afirmações, porém, acho que ele pode fazer isso para agradar os pais, que apesar de muito simpáticos são bem manipuladores. Só sei que ainda sofro e gostaria no íntimo que algo mudasse para melhor entre nós dois, que ele percebesse que o que sinto é amor, um amor capaz de lutar por qualquer dificuldade, um amor natural, tão natural quanto o ato de respirar. Já desejei muito essas mudanças, já esperei “acontecimentos inesperados” da parte dele, mas sei que isso não acontecerá… Infelizmente! Nenhuma palavra de amor proferida foi capaz de esmorecer o coração dele e fazê-lo ver que somos naturais, que amar é natural, que a família pode compreender o amor, que não há limites para quem ama. Sinto tristeza de ver uma história tão rica, com mais de dois anos de relacionamento, ter tal fim. Tento descobrir o que leva uma pessoa a ser tão fria, medrosa, infiel, egocêntrica e individualista, quando o sentimento que se perde, a oportunidade que se ignora é a de ser feliz, de amar e viver um amor sem se reservas. Já perguntei a muitas pessoas qual a opinião sobre isso e qual conselho se poderia dizer para alguém que ainda sente amor por uma pessoa que se diz não ser bem resolvida para viver o AMOR? Ressalto que ele teve mais relacionamentos homossexuais do que eu… O que me deixa bastante instigado quanto a “não resolução pessoal dele nesse aspecto!
    Enfim, tenho notado muita gente complicada e mal resolvida e, é claro, isso deixa um desânimo. No caminho para o amadurecimento (do alto dos meus trinta anos! rs) começo a compreender porque existem pessoas tão infelizes e solitárias, mesmo tendo aparentemente tudo para serem diferentes. Concluo que algumas pessoas não sabem distinguir entre viver a vida com verdade ou passar a vida pedindo desculpas a alguém por suas recorrentes falhas! Só não perdi totalmente a esperanças de “dias melhores” porque no instante em que isso acontecer deixarei de acreditar também em mim, em minha capacidade de amar intensamente e ser verdadeiro com alguém, valorizando um sentimento tão especial, nobre e profundo. Contradizendo religiosos moralistas minha ligação com Deus é forte, bonita, somos amigos, por assim dizer, e creio que nada acontece por acaso, ainda prefiro dar ouvidos ao que afavelmente sempre me diz minha amada avó: “Você é como o ouro, quanto mais provado no fogo, na adversidade ardente, mais brilhante e puro fica.” Talvez eu tenha passado por essa dor, por tamanha perda e decepção, como hoje vejo, para quem sabe posteriormente valorizar acontecimentos maiores em minha vida.

    Responder
  12. angelica

    estou com uma pessoa a 10anos,ele tem medo de me assumir ele e separado a 5anos,diz ele e que e a diferencia de idade sou mais nova que ele,26anos nao me importa amo ele ,e sofro muito por isso;ele nao tem mais compromisso com filhos que sao casados e cada um vive sua vida,sou independente apesar de ter dois filhos, qual sera o medo dele.

    Responder
  13. Patricia

    Olá!!
    ****
    **
    LEIAM POR FAVOR!!! POR SER EXTENSO PODE DAR UMA PREGUIÇA, RS, MAS PEÇO GENTILMENTE QUE LEIAM. Desde já Agradeço.
    *****
    **

    Alguns meses atrás conheci um rapaz, muito simpático, educado, atensioso, enfim, ele pediu meu telefone e me chamou para sair.

    Quando nos conhecemos eu era muito timida,
    agora melhorei bastante,
    nosss
    graças a Deus!!

    Mas quando nos conhecemos mal conseguia falar com ele.
    Tenho 22 anos e ele 22.

    Saímos umas duas semanas, rolou apenas beijo mas ele queria ir além.
    Nao sou de ficar, por isso terminei e disse que nao queria ficar por ficar, disse que já estava gostando dele.
    O que era verdade.

    Ele é do tipo que sai com várias e eu nao queria ser mais uma.
    =s

    Ele dizia para eu parar de gostar dele.
    Que eu era muito timida e nao ia dar certo.

    Ficamos alguns dias sem se encontrar, entao

    Liguei vááá´rias vezes, mandei msg pedindo para ve-lo
    e ele dizia sempre “Nao”
    =s

    Depois parei.

    Já se passaram uns 6 meses +/-
    que nao nos vemos. Ainda penso muito nele.
    Tenho ele add no meu msn e volta e meia puxa assunto, querendo saber se tenho novidades para contar, as vezes diz que sou uma moça muito bonita.

    Outro dia ele disse que queria me ver, mas eu disse “nao”.
    aiai

    Quando coloco alguma frase no meu perfil é como se ele respondesse atraves das dele.
    Sinto como se ele gostasse de mim, mas nao tem receio em chegar pq já o procurei diversas vezes e ele sempre me disse “NAO”

    Agora ele escreveu que gosta de outra garota.
    Colocou ate o nome dela.
    disse que ta apaixonado…

    O que voces tem a me dizer??

    Responder
  14. carolina

    Boom , meu nome é carol , teenho 18 anos , veenho fikando com um menino vai fazer 1 ano , e ele teem , medo de assumir um relacionamento certo , não sei mas o q faço

    Responder
  15. Lilica

    O que gostaria de acrescentar é que realmente, não apenas homens tem medo de relacionamento sério. Hoje sou casada, mas antes, sempre que percebia que estava ficando sério, arrumava “defeito” na pessoa, e uma desculpa para terminar, mesmo que gostasse, sentia medo da idéia de casamento, embora nem eu mesma soubesse ao certo o porquê.

    Responder
  16. Camila

    Espero que ajude
    Bom conheci meu amor pela net, na época estava um pouco solitária.
    Aos meus 28 anos ainda não tinha arrumado ninguém serio só casinhos sem importância
    Quando terminava ficava triste, mas passava…cheguei a pensar até que tinha algo errado comigo, poxa todas minhas amigas com namorados, noivos, maridos e eu solteira? Era bonita, educada, bem sucedida profissionalmente como assim? Resolvi que isso iria mudar já q tinha q ficar solteira, iria aproveitar, antes de conhecê-lo estava saindo com outro cara, mas como não era nada serio sai com ele tb, na minha cabeça estava curtindo… No inicio não gostava muito dele, homem mais velho, pouca beleza, tímido, já havia sido casado, sem filhos, me pareceu um cara sem graça e convenhamos o casamento dele durou três meses, devia ter algo errado….no inicio eu não queria nada serio, mas depois de alguns meses e mesmo achando que não estava tão interessada quis namorar, afinal ele parecia apaixonado, e outra mulher bonita como eu dando bola, ele jamais arrumaria, mas ele não quis e foi ai que começou meu martírio….fiquei decepcionada, putz o cara parecia q estava em minhas mãos, q nada ele não queria abrir mão da liberdade dele, depois de um tempo coloquei-o na parede e disse “ou assume ou saí fora”, pensei, ”ele não vai querer me perder” e me ferrei , ele disse carinhosamente que gostava de mim, mas estava em um momento diferente do meu….terminamos
    Fiquei um tempo sem falar com ele, mas sempre curiosa pra saber se ele estava com alguém, percebi q tinha me envolvido mais do que deveria, e como ele não foi atrás de mim, chamei o no MSN como quem não quer nada, mas pelo papo desconfiei q pensou, ”ela está atrás de mim novamente” e estava mesmo… rsrs
    Ele é atleta e me convidou para correr com ele, eu disse q iria, mas levaria meu novo namorado… hahahahaha era minha ultima cartada, ele falou q tudo bem, fui, com um amigo de trabalho, não estava namorando ninguém, para resumir, acabei me envolvendo com esse amigo, mas nunca esqueci meu amor, continuei namorando e passamos a treinar juntos como amigos, nos víamos sempre, riamos , nos divertíamos , percebia q me olhava diferente, mas nunca tentou nada, certo dia terminei com meu namorado e no dia seguinte fomos correr, nesse dia ele me apresentou pra todos como sua namorada, fiquei puta afinal qual era a dele, queria tirar uma com minha cara? ele disse q não, q gostava de mim e que realmente se sentia compromissado, falei q só sairia com ele se fosse pra casar, ele tentou desconversar, achei q era só papo e fui embora, a noite ele me mandou flores e me convidou pra jantar, com a intenção de se desculpar, gostava dele e o mínimo que queria era ficar por perto, fui, tivemos uma noite maravilhosa e descuidada engravidei, fiquei mal, passou mil coisas pela minha cabeça, me afastei , pensei em não contar nada e assumir meu filho sozinha, mas ele descobriu e disse que casaria comigo, eu não quis, casar comigo só por causa de um filho? Eu não precisava disso, ele insistiu, eu disse não varias vezes, depois que minha filha nasceu nossa relação se estreitou ele jurou que me amava, fez varias declarações, eu me mantive dura por um tempo, mas não resisti e dei uma chance a ele, hoje estamos casados temos dois filhos lindos, sou feliz, tenho um marido maravilhoso, presente e carinhoso….bendita foi a chance que eu dei….rsrsrs beijos a todos

    Responder
  17. W.R.

    Bom, eu estou saindo com uma garota a quase dois meses. Trabalhamos na mesma empresa e sempre a achei mt linda e etc, mas nunca havia conversado com ela. Eu tenho 25 e ela 26.
    Bom quando comecamos a sair foi tudo lindo como pede o figurino, mass ja havia 6 anos que eu nao tenho um relacionamento serio, e gosto dimais da minha liberdade e autonomia. Porem tudo comecou a ficar estranho pra mim depois que ela passou um FDS inteiro no meu apartamento comigo. Me senti ”CASADO” e preocupado com isso, acho que as coisas estao andando muito rapido pra mim.

    Ela eh uma garota excepcional, todas a pessoas que a conhecem somente a elogiam. Ela e calma, doce, bonita, gentil e sempre disposta a fazer as coisas para mim. Com tudo isso eu estou um pouco apavorado, com medo de assumir algo serio e a machuca-la.

    Essa semana eu evitei em falar com ela, tentei dar uma esfriada nas coisas, nao a vi nenhum dia. Ela inclusive comentou isso comigo, mas falou sobre isso numa boa, sem delongas. Sinceramente nao sei se estou preparado para algo serio, mas que ela vale a pena vale.

    Responder
  18. Wesley

    terminei um relacionamento de 7 anos e encontrei uma pessoa na qual gosto de ficar perto mas tem um probleminha tenho medo de assumir um relacionamento sório com ela oque dizer? e esse nosso lânce vai fazer 1 ano!

    Responder
  19. dilcea

    Gostei muito do blog. Como a maioria o encontrei tentando entender o que faz um homem se afastar da gente. Estou apaixonada e ele apenas quer ser amigo. Todavia, pareceu ser tão carinhoso comigo. O melhor a fazer, acredito nisso, é evitar pensar muito nele e iniciar atividades que preencham meus pensamentos, além do trabalho. Gostei especialmente da história do Elliot Assis. Deve ser uma pessoa encantadora e um ótimo amigo. Dilcéa

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>