Sou recém casada e tenho um amante e agora?



Inscreva-se!

Inicial do nome:LHistoria:Olá, sou casada e a uns 5 meses, e acabei me envolvendo com um outro homem, esse outro homem é casado e tem dois filhos, no começo achei que era só uma aventura mais agora sinto que ta rolando sentimento.

Não consigo largar do meu esposo nem ele da mulher dele, mais também não consigo e não me imagino mais longe do outro.

O que eu faço?

________________________________
Resposta do Conselheiro Amoroso:
Querida L, indo direto ao ponto, e depois de ler a sua breve história, aparentemente percebe-se que você é uma pessoa ainda imatura, afinal casou a pouco tempo, apenas 5 meses, e esta envolvendo-se com outra pessoa, analisando assim friamente é possível concluir que você não deveria ter casado, afinal casamento é um compromisso bastante serio!

E é impossível ser casada e ter uma vida de solteira! A vida são feitas de escolhas e você deve fazer as suas, lembrando que se continuar nessa situação, traindo o seu marido, tudo ficará ainda mais complicado! Então faça uma reflexão do que você realmente quer e deseja para você!

E como já comentei em outras oportunidades, o relacionamento extra conjugal parece perfeito, porque não envolve cobranças e problemas, é só do “bem e bom”, mas quando as pessoas deixam de ser amantes e começam a viver juntos esse “encanto” parece acabar e vem junto todos os desafios de ter uma vida a dois.

Então pense e reflita sobre isso, e coloque-se sempre no lugar do outro, como você sentiria-se se o seu atual marido estivesse te traído?

Se não existe mais sentimento por ele o melhor é por um fim na relação e deixar ele livre para viver a vida dele da melhor forma possível e você a sua!




Uma ideia sobre “Sou recém casada e tenho um amante e agora?

  1. Edu G

    Simples, tenha paciência e espere seu relacionamento extra se desgastar, virar rotina e seu príncipe virar sapo. É lógico que numa relação extraconjugal é tudo perfeito, a pessoa é tudo o que sonhamos, etc, pois não divide com a gente a rotina, os problemas, não há conflitos, tudo é sempre novidade. Querer comparar as duas coisas e jogar fora um casamento pela emoção do momento, é burrice!

Os comentários estão fechados.